Você pratica o Lifelong Learning?

Por que a ideia de estudar para além da educação formal não é só mais um diferencial, mas praticamente um requisito no mercado de trabalho atual

Tempo de leitura estimado: entre 4 min 30 s e 6 min

Hoje em dia, vivemos a chamada 4ª Revolução Industrial, com a constante e veloz chegada de novas tecnologias. Com isso, o mercado de trabalho também vem se revolucionando e exigindo cada vez mais de quem nele quer se inserir, com isso o aprendizado obtido através da educação formal – escola, cursos técnicos e universidade – acaba não sendo suficiente. A esta necessidade de aprender cada vez mais conteúdo e com maior rapidez, damos o nome de lifelong learning.

Lifelong learning, em tradução livre, significa “aprendizado ao longo da vida” e é o conceito de sempre estar se atualizando para as novas tendências do mundo e do mercado de trabalho. É um tipo de aprendizado perene, ou seja, que não vai cessar em momento algum. Sempre deve ter flexibilidade, diversidade e disponibilidade para ser realizado em qualquer lugar, sem necessariamente a formalidade de uma sala de aula ou de uma instituição de ensino.

Lifelong learning é, portanto, um conceito fundamental em uma sociedade moderna e que busca superar a obsoleta ideia do modelo tecnicista do século XX – e que ainda perdura no século XXI – para podermos lidar com um ambiente social tão plural como o atual e que se revoluciona totalmente em curtos espaços de tempo.

Mas você trabalha o conceito de lifelong learning?

Trabalhar esse conceito na sua vida pode trazer diversos benefícios e, fazer você se destacar no mercado de trabalho. No ambiente altamente competitivo que é o mercado de trabalho atual, só se destaca quem sabe mais e tem um conhecimento ou habilidade específica, a isso, podemos dar o nome de soft skills.

Consequentemente, exercer o lifelong learning não só vai ajudar você a se manter atualizado, mas também mandar uma mensagem muito importante para os potenciais contratantes no mercado, mostrando que você é uma pessoa antenada e que pode agregar bastante valor ao time deles. De quebra, você ainda sentirá maior facilidade em alcançar objetivos mais banais na sua vida, criar hábitos saudáveis etc. Você vai ver sua vida engatar e, por isso, concluímos que mergulhar no aprendizado constante é um investimento em você mesmo!

Como trabalhar o lifelong learning na sua vida?

Como citado acima, concluir um curso técnico ou uma graduação na faculdade não são suficiente atualmente. Não entenda errado, investir em uma educação formal é muito valioso e importante ainda e nunca deixará de ser! Mas hoje é preciso algo a mais. Precisamos de um planejamento e de uma “fome” de estar sempre aprendendo e manter bastante acesa a nossa curiosidade.

Mas, tenha atenção! O foco deve sempre ser total em obter novos conhecimentos que agreguem em sua carreira profissional ou em sua vida pessoal. Apesar de o conceito de lifelong learning abranger mais do que a educação em cursos, isso não significa que eles devem ser destacados, pelo contrário! Investir em cursos especializados na sua área de atuação é uma ótima maneira de se preparar para o mercado de trabalho. Muitas vezes, o conhecimento que obtemos numa graduação é muito amplo e, assim, pode se tornar vago. Além disso, investir em cursos que não sejam necessariamente ligados à sua área mas são complementares pode ser uma alternativa valiosa. Por exemplo, suponhamos que você estude química e, sabendo que o centro mais próspero da pesquisa em química é a Alemanha, vale a pena fazer um curso e aprender a falar alemão.

Além de ser conceito para a vida, o lifelong learning tem por objetivo entender as tendências do mundo, e se o estudo for aplicado de maneira adequada, o entendimento para perceber as novas tendências e antecipá-las é o maior fator para o “aprendizado para toda a vida”.

Por último, mas não menos importante, é necessário ter sempre a humildade de saber que ainda há muito para se aprender, pois o conhecimento é quase infinito. Portanto, você deve se policiar para não acabar ficando convencido de que sabe tudo de uma certa área, uma vez que esse pensamento pode levar o seu processo de upgrade a ficar estagnado e, por maior que seja o seu destaque na sua área de atuação, você eventualmente será superado e todo seu conhecimento ficará obsoleto. Por isso, não se acomode, sua vontade de saber mais e buscar novos conhecimentos deve ser insaciável, você sempre tem que ter em mente que pode melhorar ainda mais, assim, estará praticando o verdadeiro lifelong learning.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *