Já ouviu falar no termo game changer?

Atualmente, um alto nível de produtividade no trabalho, é constantemente cobrado. No entanto, cada vez mais, as empresas estão esperando de seus líderes e gestores comportamentos proativos.

Afinal, embora um funcionário que cumpra suas atividades relacionadas a gestão dê resultados, somente isso não é o suficiente. É preciso que esse profissional, juntamente com a empresa, ajude a conduzir mudanças transformadoras, e enquanto parte deste processo, vise sempre a melhoria de resultados.

Por outro lado, focar apenas em resultados não basta. Essas realizações, exigem um conjunto de princípios caracterizados por valores fundamentais, como transparência, confiança, inclusão e colaboração para orientar comportamentos e tomadas de decisões nas empresas.

Portanto, profissional game changer, é aquele que consegue antever certas situações e mudar drasticamente as características de sua equipe para atender as demandas de cada caso em específico.

Por isso, através de pesquisas, foi revelado que o game changer possui 5 características essenciais para este perfil:

1 – Espírito de liderança: O game changer possui naturalmente o espírito de liderança. Ele se coloca a disposição das pessoas, toma riscos e efetua as mudanças e decisões necessárias para que sua equipe tenha um bom direcionamento. Ele certamente oferece mais segurança para a equipe.
2 – Alta capacidade de gestão: Uma coisa é você liderar as pessoas, e outra coisa é gerir elas e seus recursos em volta. O game changer tem essa capacidade de gerir os recursos necessários para realmente atingir o desempenho acima da média. Aliás ele busca dentro e fora de sua equipe tudo o que é necessário, e proporciona o desenvolvimento e distribuição de todos esses recursos para a realização de suas metas.
3 – Capacidade estratégica: Embora os resultados sejam exigidos às vezes através de indicadores organizacionais, o gestor precisa ter a sua própria capacidade de realizar a gestão estratégica de pessoas, e antever as situações olhar para os cenários e perceber quais são as oportunidades e as ameaças. E, em cima dessas oportunidades e ameaças, ele desenvolve a sua estratégia para gerir a sua equipe. Inegavelmente, um game changer tem uma visão sistêmica do todo, enxergando dentro do curto, médio e longo prazo.
4 – Olhar de dono: Ter esse olhar ajuda a entender que muitas das situações que acreditamos ser ideais não são possíveis em determinados momentos. Para o profissional de gestão, ter o olhar de dono possibilita que ela tenha uma sinergia maior com a diretoria e a cultura da organização. Portanto, esse olhar é muito importante e, sem ele, o líder não consegue desenvolver sua responsabilidade.
5 – Capacidade de antever: O game changer possui uma capacidade ímpar de antever as circunstâncias e de preparar-se para elas. Ele não trabalha somente reagindo aos estímulos, mas também proporcionando-os. Geralmente, as empresas que se destacam possuem um gestor com capacidade de antever as situações. Assim, o game changer impulsiona todas as mudanças necessárias perante o cenário.

E aí? Você reconheceu alguma dessas características em você? Ou ainda precisa desenvolver alguma? Espero que este artigo te ajude nesta reflexão! Acompanhe a Gente!

  Youtube  

 Facebook

 Linkedin

 Instagram

Para mais informações entre em contato com a Gente Mais:
Fone: (14) 3227-9558 | (14) 3214-3335
Email: [email protected]
Endereço: Rua Engenheiro Saint Martin, 23-40
17012-056 – Bauru / SP

Assista ao vídeo deste artigo:

Inscreva-se em nosso canal do YouTube e assista a outros vídeos! 🙂