O LÍDER PRODUTIVO

Texto por Mauro Moraes – Colunista Gente Mais Especialista em Desenvolvimento Pessoal e Liderança

“Um líder que age de forma concentrada e motivado consegue obter a eficácia de um trabalho produtivo” – Helgir Girodo.

O líder de alta performance, sabe que precisa ser aliado do tempo, e que suas inúmeras atividades devem ser realizadas com eficiência e eficácia dentro de seu planejamento.

Para alcançar um nível satisfatório de produtividade ele mantém o foco nas atividades mais importantes, aquelas que irão lhe gerar maiores resultados, possuindo uma característica fundamental para aumentar seu rendimento, que é não procrastinar.

Para cada projeto, ele constantemente  se pergunta: “Qual é a próxima ação”? Ao se questionar, ele ganha clareza, aumenta seu senso de responsabilidade e autoestima (pois mesmo em projetos grandiosos, ele consegue enxergar qual o próximo passo a ser dado, e que facilmente ele poderá executar).

Outro ponto importante do líder produtivo, é conseguir definir os verdadeiros resultados que deseja alcançar e alinhá-los com:

  • – Seu propósito de vida, ao saber qual sua missão consegue criar ações congruentes.
  • – Sua visão de médio e longo prazos, saber aonde quer chegar colabora na criação de um plano de ação certeiro.
  • – Suas áreas de responsabilidade pessoal e profissional. O líder de excelência define de 3 a 4 áreas que são prioritárias em sua vida e alinha com suas atividades diárias – aproveite e reflita quais são as suas: física, intelectual, espiritual, familiar, social, profissional ou financeira.
  • – Seus projetos de curto prazo, definindo ações atuais e específicas que colocará energia para atingir os seus objetivos.

Estratégias práticas que um líder produtivo executa:

  • – Possui um método próprio de arquivamento externo (usa seu cérebro para ser criativo e não de arquivo) – use e abuse de anotações em agenda, caderno, planilhas, aplicativos, bloco de notas, e-mails – encontre seu modelo particular para guardar com segurança e de forma organizada suas informações.
  • – Sabe diferenciar o que precisa de ação (está relacionado a algum projeto?), do que é apenas uma informação (pode um dia servir para ser consultada?); esta diferenciação o ajuda a deixar a cabeça vazia, ao direcionar de forma correta a informação para um arquivo, para futuras consultas.
  • – Para cada informação, realiza a seguinte pergunta: é possível de ação? Assim ele terá duas possibilidades de resposta: sim ou não, ajudando-o a dar o próximo passo em sua organização.
  • – Se a resposta for não – ele terá três opções: a informação não serve para nada (lixo), é uma ideia para um novo projeto (arquivo nomeado de “algum dia”) ou é um citação que leu em um livro (arquivo “referência”).
  • – Se a resposta for sim – ele terá quatro opções: a informação se refere a um projeto atual (direciona para seu arquivo, para ser executado posteriormente), a ação demora menos de 2 minutos (já realiza), a tarefa pode ser executada por outra pessoa (ele delega) ou a ação possui dia e hora para ser realizada (anota no calendário, pois executará em um determinado momento).

“Líderes eficientes permitem grandes pessoas fazerem o trabalho para o qual nasceram para fazer.” – Warren G. Bennis.

  • – Realiza revisões regulares para ajustes, assim mantém o sistema funcional e seu foco fica concentrado nas tarefas mais importantes, reserve duas horas semanais para sua organização pessoal e profissional, não apenas questionando os últimos dias, mas já planejando a próxima semana.

“Ser um líder PRODUTIVO, o ajudará a inspirar seus liderados!” – Mauro Moraes.


Me siga no Linkedin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *