Inteligência emocional na quarentena

A pandemia da covid-19, impactos na economia e saúde, modificando os hábitos da população em diversas áreas. Embora a ameaça seja real, o pânico e as emoções à flor da pele deixam a situação ainda pior. Por isso, confira algumas ações que você pode adotar para desenvolver seu controle emocional neste momento difícil. Então leia o texto até o final!

Mas antes, o que é inteligência emocional?

A Inteligência Emocional vem sendo estudada pelos psicólogos desde os anos 90, tendo Daniel Goleman como um dos seus principais pesquisadores. Diversos livros foram publicados a respeito, mostrando como a Inteligência Emocional (ou sua falta) repercute na vida das pessoas, isto é, como afeta os relacionamentos, a saúde e, cada vez mais, como é seu impacto na carreira profissional. 

O conceito não se relaciona ao QI ou inteligência cognitiva.  Ele está ligado ao autoconhecimento emocional e habilidades interpessoais Elementos que são inatos mas podem ser desenvolvidos ao longo da vida. A Inteligência Emocional se relaciona a 5 domínios principais: Autoconsciência, Lidar com as emoções, Automotivação, Empatia e saber lidar com relacionamentos.

Pessoas com alto grau de IE geralmente se destacam nos relacionamentos e na área profissional.  Ela são socialmente equilibradas. Se comunicam de maneira direta e assertiva sem serem violentas.  Sentem-se bem consigo mesmas, são autoconfiantes e se adaptam bem às tensões.

Dicas para manter a Inteligência Emocional na Quarentena.

 

  • Dê nome ao que você está sentindo

 

Negar negar a situação só piora as coisas. Portanto, nomear os seus sentimentos vai te ajudar a gerenciá-los, se você falar em voz alta (sozinho ou para alguém) vai perceber que isso diminui mais ainda o impacto sobre o seu dia. Isso normaliza nossas emoções e nos ajuda a ter mais apoio.

  • Apoie as crianças em suas emoções

Sim, os sentimentos das crianças são reais e, como adultos, podemos ajudar respeitando-os. Enquanto estamos lutando com nossas emoções, também precisamos ajudar a gerenciar as delas.

  • Foque no que você consegue controlar

Nem tudo está no nosso controle, mas existem coisas que podemos fazer para aliviar a sensação de impotência. Converse com pessoas próximas e veja o que você pode fazer para ajudar. Ideias simples, como ajudar nas compras, diminuem o número de pessoas que precisam ser expostas, e te dão a sensação de estar fazendo algo útil em meio a crise.

  • Faça uso do seu tempo no isolamento

O Isolamento Social já é uma realidade para muitas pessoas. Aproveite o momento para conversar com parentes, ou aquele amigo com quem você não conversa há muito tempo. Mensagens, ligações ou até chamadas de vídeo, ajudam a quebrar a sensação de estar sozinho. Outras atividades, como ler um livro, escrever ou aprender um idioma também podem ajudar.

Acompanhe a Gente!

  Youtube

 Facebook

 Linkedin

 Instagram

Para mais informações entre em contato com a Gente Mais:
Fone: (14) 3227-9558 | (14) 3214-3335
Email: [email protected]
Endereço: Rua Engenheiro Saint Martin, 23-40
17012-056 – Bauru / SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *