Ao fazer uma busca rápida sobre esse tema, é possível encontrar diversas dicas a respeito da motivação pessoal ou do outro. No entanto, existem muitos equívocos, como por exemplo a associação desta com fazer o que se gosta, ou sinônimo de realização profissional, como se fossem correlacionados. Ou a ideia de motivar alguém através de recompensa financeira, e até o mito de que pessoas felizes são motivadas. Neste artigo, esclareceremos os mitos e verdades a respeito da motivação, assim como entenderemos um pouco mais sobre a relação de liderança e motivar e automotivação.

Quem faz o que gosta, é motivado?

Não necessariamente. A motivação independe do prazer na realização de atividades. Se pararmos para pensar, as pessoas consideradas bem-sucedidas, na maioria das vezes passaram por situações que desgostavam. Entretanto, estas continuaram em busca de seus objetivos mesmo assim.

Portanto não depende de fazer o que se gosta. A motivação está diretamente ligada a ter um objetivo claro. E além de ter um objetivo claro, este não deve ficar sendo adiado. Por isso é necessário que ele contemple seus desejos mais profundos. Pois um objetivo superficial não te fará ter o empenho necessário para passar por situações incomodas. O bem-sucedido não olha para a satisfação presente, é movido pelo desejo de conquistar os seus objetivos, por isso não se importa em realizar atividades desagradáveis no presente.

Dinheiro gera motivação?

Inegavelmente dinheiro gera tranquilidade e estabilidade. Porém no sentido de motivar, este não é muito eficiente. Por vezes a remuneração financeira é utilizada como recurso para motivar um colaborador, mas este funciona apenas a curto prazo. Não apenas porque esta depende exclusivamente da recompensa, e se acaso isso seja retirado, a motivação também acaba. Mas também porque a motivação gerada pela recompensa, não acontece de maneira genuína, é quase que artificial. Isso porque o colaborador não está entusiasmado em realizar as tarefas, ele apenas está produzindo mais, para receber mais.

Pessoas felizes são motivadas?

Motivação e felicidade são coisas diferentes. Em um cenário em que a pessoa se encontra feliz com a sua função, com seu ambiente de trabalho e com seus colegas, e está plenamente satisfeita, isso pode gerar acomodação. Com isso, aquela pessoa ao pensar já ter alcançado sua satisfação máxima, vai se acomodando, e com isso fica desmotivada. Obviamente trabalhar em um ambiente hostil ou incomodo, não é nem de longe o ideal, mas o contrário também não gera motivação.

Afinal, como ter motivação profissional e pessoal?

A resposta está na própria palavra. Isto significa ter motivo para a Ação, como já falamos, é presido ter um objetivo, desejo para então estar motivado. Assim, quanto maior o desejo da pessoa, maior a motivação. Pessoas altamente motivadas são a todo momento energizadas pela sua imensa vontade de alcançar algo. Dessa maneira, elas enfrentam os desafios e superam situações desagradáveis. A automotivação é a motivação genuína, aquela que gera mais resultados, esse é o segredo de alguém motivado. Por isso, reunimos algumas dicas para praticar a automotivação:

1- Acredite que você consegue

Antes de tudo, acredite em si mesmo. Só é possível desenvolver um bom trabalho e atingir metas se tiver compreensão e clareza sobre a sua capacidade de realização. Isso te ajudará a possuir metas e sonhos, e ter forças para alcança-los, mas é importante que estes sejam plausíveis, estabelecer um passo a passo, ajuda muito nessa relação. Reflita sobre sua vida e observe se seus sonhos estão em primeiro plano e se você está lutando por eles. Sendo assim, arrisque e esteja sempre consciente da sua competência.

2- Aprenda com os erros

Os erros tornam o indivíduo mais experiente e atento com relação a novas situações, fazendo com que essa experiência se converta em aprendizado. Mas para que isso aconteça, é preciso refletir sobre as atitudes, tantos os erros quanto os acertos. Portanto, não se bloqueie diante de uma falha, mantenha o foco e siga em frente.

3- Realize atividades que fazem você feliz

A melhor maneira de driblar a falta de motivação é fazer coisas que proporcionem bem­-estar. Além disso a felicidade contribuí para que você pense positivo, com isso as coisas fluem melhor. Portanto, faça uma lista de atividades que você gostaria de realizar e comece a praticá-las. Assim aos poucos, se sentirá mais motivado e determinado a realizar todas as suas tarefas com o mesmo ânimo e excelência.

4- Reclamações só bloqueiam sua motivação

Reclamar da situação não vai resolver o problema. Além disso o pensamento negativo atrasa as coisas, como vimos o pensamento positivo realiza o efeito oposto. Extravasar as emoções é saudável. No entanto, deve ser feito de maneira a incentivar a mudança de comportamento para que você reverta esse quadro.

5- Enxergue as conquistas

É importante ter a consciência dos resultados obtidos. Por isso a elaboração de metas é um fator fundamental, dividir uma meta grande, estabelecendo metas menores e de resultados a curto prazo, ajudam a visualizar o progresso, dando um gás em sua motivação. Assim sendo, celebre suas vitórias e permita que a sensação de dever cumprido e metas alcançadas permeiem em seu ser.

É possível retirar motivação de outras fontes?

Algo muito comum a se pensar é que os líderes são responsáveis por motivar sua equipe. Em partes pode se dizer que sim. Os líderes propiciam ambientes confortáveis para que aquela pessoa se desenvolva e por consequência obtenha mais resultados. Obviamente ambientes confortáveis inspiram e exalam melhores resultados. Mas certamente a motivação genuína, que parte dos colaboradores, alinhadas a estas condições, formam o cenário ideal para uma empresa se desenvolver.

Por isso, a Gente Mais Consultoria e Treinamento, oferece conteúdos exclusivos para você se manter sempre atualizado. Conheça nossos treinamentos sobre líderes e gestores, e fique atento as datas dos próximos treinamentos e palestras.

Acompanhe a Gente!

  Youtube

 Facebook

 Linkedin

 Instagram

Para mais informações entre em contato com a Gente Mais:
Fone: (14) 3227-9558 | (14) 3214-3335
Email: [email protected]
Endereço: Rua Engenheiro Saint Martin, 23-40
17012-056 – Bauru / SP